3 de novembro de 2007

O tempo de um segundo



Do alto da montanha miro o longínquo mundo, a luz incomoda os olhos a testa se franze, mas não alcanço. Os passos ao longe, perdido rastro. Onde está? Quem levou? Aonde os pés o levaram... onde as suas asas o levaram.
Não parece mais o mesmo o mundo girou do avesso e está tudo obstruído, tapado, perdido. Não há como encontrar. Só espero o dia do tiro fatal e os segundos passam lentamente. Um segundo são dez dias.
Um segundo, segundo e meio atrás eu pisquei. E tudo se perdeu. Um segundo se perdeu, segundos inteiros de vida para enconcontrar... Paciência.
Aguardando para sempre.
Os segundos passam tão lentamente.

2 comentários:

PiresF disse...

História Antiga

Era uma vez, lá na Judeia, um rei.
Feio bicho, de resto:
Uma cara de burro sem cabresto
E duas grandes tranças.
A gente olhava, reparava e via
Que naquela figura não havia
Olhos de quem gosta de crianças.

E, na verdade, assim acontecia.
Porque um dia,
O malvado,
Só por ter o poder de quem é rei
Por não ter coração,
Sem mais nem menos,
Mandou matar quantos eram pequenos
Nas cidades e aldeias da nação.

Mas, por acaso ou milagre, aconteceu
Que, num burrinho pela areia fora,
Fugiu
Daquelas mãos de sangue um pequenito
Que o vivo sol da vida acarinhou;
E bastou
Esse palmo de sonho
Para encher este mundo de alegria;
Para crescer, ser Deus;
E meter no inferno o tal das tranças,
Só porque ele não gostava de crianças.

Miguel Torga


Um Excelente Natal para ti e toda a família.

Pedaços de Mim ... disse...

OI line.. lembro sim moça.. como vc tá? Huahuaha uma hora td melhora.. seja no amor.. no trabalho .. nao improta.. sempre vivemos com um mar agitado msm.. até pq se a fica fosse como água parada seria um criadouro de larvinhas do famigerado mosquitinho chato né?!? Rsss ótimo texto esse seu.. quero voltar a escrever assim.. tenho andado tãaaaaaooo desligada das coisas que qs sempre não consigo transpor td pras palavras.. mas enfim.. issouma hora tb melhora.. bjs moça.. excelente 2008 pra vc tb :D